"VOCÊS, TAMBÉM, COMO PEDRAS VIVAS, DEIXEM QUE DEUS OS USE NA CONSTRUÇÃO DE UM TEMPLO ESPIRITUAL ONDE VOCÊS SERVIRÃO COMO SACERDOTES DEDICADOS A DEUS. E ISSO PARA QUE, POR MEIO DE JESUS CRISTO, OFEREÇAM SACRIFÍCIOS QUE DEUS ACEITE." 1Pe 2:5

26 outubro 2015

Graça e Paz!


     Em setembro de 2003 comecei a frequentar a Igreja Universal do Reino de Deus, no bairro do Bingen em Petrópolis – RJ, onde me converti e em 02 de novembro eu e minha esposa fomos batizados nas águas.

     Em dezembro de 2003 conheci e comecei a frequentar a Igreja Metodista Wesleyana no Duarte da Silveira também em Petrópolis, onde eu e minha esposa congregamos até eu ser transferido (sou militar da Aeronáutica), para a cidade de Três Marias – MG, isto em março de 2004. 

     Chegando a Três Marias ficamos um bom tempo sem congregar até sermos convidados a visitar o Núcleo da Igreja Batista da Lagoinha local, onde frequentamos por um período sem nos tornarmos membros, e por uma série de motivos deixamos de congregar a IBL, e começamos a frequentar a Igreja Presbiteriana, onde também não nos tornamos membros.
     No dia 3 de março de 2008 depois de vários convites visitamos novamente o Núcleo da Igreja Batista da Lagoinha, onde fomos bem recebidos fizemos o curso de transferência e nos tornarmos membros desta grande família em Cristo.
     Em abril de 2008 comecei a cursar a Escola de Líder de Célula, me formando em Líder de Célula pela Igreja Batista da Lagoinha em dezembro do mesmo ano.
Em setembro de 2008 o então pastor do Núcleo, Pr. João Alves convidou a mim e minha esposa para liderarmos o Ministério de Comunicação e Marketing do Núcleo. No começo eram poucas atividades, mais com o decorrer do tempo um site e um informativo semanal.
     Em agosto de 2009 o Núcleo foi emancipado por ordem do Pastor Presidente da Lagoinha, Pastor Marcio Valadão, se tornando uma igreja independente e passou a se chamar Igreja Batista Getsêmane, com o atual pastor, Pr. João Alves de Carvalho Filho, sendo nomeado Pastor Presidente da Igreja. A qual fui membro fundador e fiz parte da diretoria. O Pastor João teve a direção de filiar a IBG ao Ministério Vinha, em dezembro de 2011, com a mudança do estatuto e visão da liderança da igreja, o que não foi bem aceito pelos membros da igreja o que levou a muitos saírem da Getsêmane, entre estes membros eu e minha família.
Em abril de 2012 começamos a congregar na Assembleia de Deus de Missão no bairro Ipiranga, aonde os irmãos nos receberam com todo carrinho, o Pastor Raimundo e o Presbítero Rosemberg me motivaram e me deram oportunidade de pregar a Palavra de Deus e lecionar na EDB e assim pude crescer muito na presença do Senhor. 
Quando vim para Três Marias um dos propósitos era servir a Deus e não ser apenas um frequentador de igreja, mas minhas ambições não eram grandes a ponto de ser um obreiro, presbítero ou pastor, mais foi crescendo em meu coração este sentimento, este chamado e me preparei para quando Deus perguntar a quem enviar, eu possa servi-Lo, porque devemos agradar a Deus e não a homens, cursei o Curso de Bacharel em Teologia no SETEB, retornei para a Igreja Batista Getsêmane em março de 2014 quando a igreja já não era mais filiada a VINHA e a direção já era do Pastor Ezequiel Marcos, fui consagrado a presbítero no dia 22 de junho de 2014 e me formei Bacharel em Teologia em julho de 2014. Ser um ministro de Deus não é só pregar em um altar, é sim pregar no dia-a-dia, é cuidar, dar apoio, ser amigo entre outras coisas.

Tenho buscado servir a Deus, mas confesso que é uma luta diária, pois as lutas veem, as dificuldades se apresentam, mas as vitorias também são diárias. Peço a Deus que me de força e direção em meu ministério e que eu não possa decepcioná-Lo, pois o que mais quero é fazer a vontade de Deus.


Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por torpe ganância, mas de boa vontade;  nem como dominadores sobre os que vos foram confiados, mas servindo de exemplo ao rebanho.” 1ª Pedro 5:2-3

24 maio 2015

Efeitos da oração

 “A oração feita por um justo pode muito em seu efeito.” Tiago 5:16b

 Em Mateus 7:7-8, o Senhor Jesus nos incita a orar, “Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á.”

A oração sempre tem uma resposta, um sim ou um não de Deus, e sempre é melhor do que esperamos, porque Deus continuamente nos da o melhor. Mas temos que ter a sabedoria de entender o que Deus tem para nós e que tudo é no Seu tempo.

Os efeitos de uma oração pode ser a curto, a médio ou a longo prazo:

A curto prazo temos como referência Atos 12:5-11, onde vemos que Pedro estava preso e a igreja orava por ele, que confiante no Senhor dormia tranqüilo no cárcere quando um anjo o acordou e o libertou das cadeias.

Em Daniel 10:1-21, temos o efeito a médio prazo, Daniel orou durante 21 dias até que o anjo do Senhor, após, com a intervenção de Miguel, vencer o príncipe da Pérsia veio ter com ele.

Em Marcos 13:13 vemos que devemos perseverar até o fim, em Genesis 25:21-26 temos Isaque perseverando em oração por trinta anos até sua esposa Rebeca dar a luz aos seus filhos.

Se orou e a resposta não foi a que esperava, acalme seu coração porque Deus tem o melhor para seus filhos, se esta orando e a resposta ainda não chegou, persevere e verá o agir de Deus. Pois o efeito da oração é a curto, médio ou a longo prazo.

 

27 janeiro 2015

SALVOS PELA GRAÇA





Temos que ter cuidado quando estudamos sobre a Lei e a Graça para não cometermos erros. 
Primeiro é não achar que por meios próprios, por nossos esforços vamos agradar a Deus e conquistar a salvação, o outro erro é que por sermos salvo pela graça é que não devemos obedecer aos mandamentos, somente ter fé já nos salva.

Efésios 2:8-10 nos diz:
“Porque pela graça sois salvos mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie. Pois somos feituras dEle, criados em Cristo Jesus, para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”.

Como está escrito no texto acima, somos salvo pela graça que é um dom de Deus, e é mediante a fé. A pessoa pode ser a mais solidaria de todas, fazer boas obras, ajudando os carentes pode fazer de tudo para conquistar a salvação, mas se não tiver a verdadeira fé em Cristo, não terá a salvação, pois ela é uma dádiva de Deus.

Definição de Graça de Deus segundo o site:
http://www.significados.com.br/graca/
Graça de Deus
No âmbito da teologia, graça consiste no dom sobrenatural, concedido por Deus como meio de salvação. No cristianismo, graça é o dom gratuito de Deus ao homem num encontro transformante em que a criatura humana é restaurada. Através da graça, Deus confere ao homem a participação na vida divina fazendo-o Seu filho adotivo. Perdida a amizade pelo pecado, a sua recuperação é feita pelo arrependimento genuíno dos pecados e aceitação do sacrifício de Jesus. Ninguém é salvo sem receber a graça de Deus. A salvação é pela graça, o que significa que é gratuita, e é algo que não podemos alcançar pelos nossos próprios esforços.

Mas também está escrito que fomos “criados em Cristo Jesus para as boas obras”, e para andarmos nas boas obras devemos observar os mandamentos de Deus, que Jesus resumiu em dois, que são:

“Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” Mateus 22:36-40

Pelo fato de sermos salvo pela graça mediante a Fé em Jesus Cristo não nos desobriga de obedecermos ao que Jesus ensinou, pois se amarmos a Deus e ao próximo estaremos nas “boas obras” que foram preparadas por Deus para todos os salvos pela sua graça.
Antes de Jesus os homens obedeciam para viver depois de Jesus obedecemos porque vivemos na graça do Senhor.

Muitos tentam obedecer para agradar a Deus, e conseguir a salvação, mas devemos ter fé e crer que Jesus pagou um alto preço pelos nossos pecados morrendo na cruz para que tivéssemos a salvação, que é a grande dádiva de Deus para a humanidade.
Quando reconhecemos isto, vivemos em obediência, em amor a Deus e ao nosso próximo, e a obediência não é um peso e sim uma grande felicidade, que não tem como ser definida, somente sentida.

Jesus nos amou que seguiu até o fim a missão que Seu Pai lhe deu, que foi de vir a terra como homem, vencer o pecado e morrer em sacrifício por toda a humanidade, creia na obra salvadora de Cristo e viva pela graça de Deus, uma vida de alegria com a certeza da salvação.
Porque a maior prova de amor Deus nos deu como esta escrito em João 3:16
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Deus os abençoe.

13 julho 2014

A notícia que eu estava esperando!

 Estava aguardando o resultado da minha monografia do curso de Bacharel em Teologia, pelo Seminário Teológico Evangélico Bíblico, SETEB.
 
 "Graça e paz!

A banca de exame de seu TCC reuniu-se ontem, 09-07-2014, das 16h às 18h. O seu trabalho foi examinado e é com imensa satisfação que lhe anunciamos a sua aprovação no mesmo. Parabéns! A nota dada pela banca foi 90 (9,0) - uma EXCELENTE  nota que confirma a importância de seus esforços."

Em Cristo,

Marta Silva
SETEB

25 junho 2014

Consagração a Presbítero e de Diáconos

No dia 22 de junho de 2014, foi realizado o culto de Consagração a Presbítero e de Diáconos da Igreja Batista Getsêmane - Três Marias-MG.
O culto foi presidido e dirigido pelo Pai, Filho e Espírito Santo e teve a frente o Pr. Ezequiel Marcos, Pastor Presidente da IBG, e contou com a presença dos Pastores Cássio, Jairo e Matilde, da IBG, Pastor Josivaldo da Assembleia de Deus Três Marias e do Pastor Antonio Marcos de Belo Horizonte.

"Aos presbíteros, que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e testemunha das aflições de Cristo, e participante da glória que se há de revelar:
Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; Nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho". 1 Pedro 5:1-3

 
Pastor Cássio orando durante minha consagração a Presbítero

Pastor Ezequiel, eu, meu filho Bernardo, minha esposa Fernanda, minha filha Yasmim e minha neta Sophie








































"Da mesma sorte os diáconos sejam honestos, não de língua dobre, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância; Guardando o mistério da fé numa consciência pura. E também estes sejam primeiro provados, depois sirvam, se forem irrepreensíveis. Da mesma sorte as esposas sejam honestas, não maldizentes, sóbrias e fiéis em tudo. Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas. Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si uma boa posição e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus". 1 Timóteo 3:8-13
Consagração dos Diáconos
Consagração dos Diáconos

20 fevereiro 2014

SOU UM MILAGRE

SOU UM MILAGRE
Voz da Verdade 

Nunca houve noite que pudesse impedir
O nascer do sol e a esperança
E não há problema que possa impedir
As mãos de Jesus pra me ajudar

Haverá um milagre dentro de mim
Vem descendo um rio pra me dar a vida
Este rio que emana lá da cruz, do lado de Jesus

Aquilo que parecia impossível
Aquilo que parecia não ter saída
Aquilo que parecia ser minha morte
Mas Jesus mudou minha sorte
Sou um milagre e estou aqui

Usa-me, sou o teu milagre
Usa-me, eu quero te servir
Usa-me, sou a tua imagem
Usa-me, ó filho de Davi

17 novembro 2013

O espinho na carne 
 " E, para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne,  mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte."2Co12:7


Como Paulo temos momentos de dificuldades e fraquezas, muitas vezes a fonte destes momentos é Satanás querendo nos levar a ruína. Estes momentos acontece muito quando achamos que está tudo bem e esquecemos que somos dependentes de Deus, e Ele permite as tribulações para que possamos reconhecer que sem Deus não somos nada.

É nestes momentos temos que nos entregar mais a Deus, porque quando reconhecemos que somos fracos, é que somos fortes em Cristo Jesus.

Quando enfrentamos:

Fraquezas: Elas devem servir para que permitamos que Jesus entre cada vez mais em nossa vida.

Injúrias: Quando somos maltratados ou ofendidos não devemos deixar ódio nos dominar, devemos ficar fortes e aproveitar a oportunidade para crescer na fé.

Necessidades: Quando passamos por momentos de necessidades como Jesus disse em Mateus 6:33-34, “Buscai, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquietes com o dia de amanhã, pois o amanhã trará seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.” Devemos ser cada vez mais dependente de Deus.

Perseguições: Quando perseguidos devemos nos manter firmes na fé. Porque nenhum servo do Senhor está livre da perseguição.

Angústias: Quando estamos angustiados devemos aceitar que somos fracos para sairmos dos problemas sozinhos. E temos que reconhecer a necessidade da graça de Deus, para aceitar o resgate que Ele nos oferece.

Os servos do Senhor sofrem nessa vida, como Deus recusou tirar o espinho de Paulo, Ele pode deixar qualquer um de nós passar por momentos difíceis, quando estivermos passando por estes momentos devemos ter fé para crescer espiritualmente. Quando nos entregamos a Cristo, encontramos a graça e a força verdadeira.

13 novembro 2013


O Caminho

Um dia, um bezerro precisou atravessar a floresta virgem para voltar a seu pasto.
Sendo animal irracional, abriu uma trilha tortuosa, cheia de curvas, subindo e descendo colinas...
No dia seguinte, um cão que passava por ali, usou essa mesma trilha torta para atravessar a floresta.
Depois foi a vez de um carneiro, líder de um rebanho, que fez seus companheiros seguirem pela trilha torta.
Mais tarde, os homens começaram a usar esse caminho: entravam e saíam, viravam à direita, à esquerda, abaixando-se, desviando-se de obstáculos, reclamando e praguejando, até com um pouco de razão...
Mas não faziam nada para mudar a trilha.
Depois de tanto uso, a trilha acabou virando uma estradinha onde os pobres animais se cansavam sob cargas pesadas, sendo obrigados a percorrer em três horas uma distância que poderia ser vencida em, no máximo, uma hora, caso a trilha não tivesse sido aberta por um bezerro.
Muitos anos se passaram e a estradinha tornou-se a rua principal de um vilarejo, e posteriormente a avenida principal de uma cidade. Logo, a avenida transformou-se no centro de uma grande metrópole, e por ela passaram a transitar diariamente milhares de pessoas, seguindo a mesma trilha torta feita pelo bezerro... centenas de anos antes...
O homem tem a tendência de seguir como cego por trilhas feitas por pessoas inexperientes, e se esforçam de sol a sol a repetir o que os outros já fizeram.
Contudo, a velha e sábia floresta ria daquelas pessoas que percorriam aquela trilha, como se fosse um caminho único... Sem se atrever a mudá-lo.
 
Muitas vezes nos chamam de ousados, chatos, cri-cri, metidos, etc. Pois temos ousado por caminhos novos, pois quando nos falam que devemos seguir aquele caminho pois todos estão indo por ali e não sentimos paz no coração , buscamos a resposta do alto , os conselhos de Deus e através dEle , por Ele e com Ele à nossa frente seguimos novos desafios. Sempre digo que não devemos ser cordeiros de homens, mas cordeiros de Deus.